Piratas do caribe

Navegando com o corsário Morgan

Posted by P. Rocha 07 de fevereiro, 2019

Essas é uma daquelas histórias que parecem boas demais para acreditar, mas acredite essa historia pode ter realmente acontecido. Não estou falando das aventuras de Jack Sparrow, mas sim de um dos piratas mais importante das américas Henry Morgan. Segundo os historiadores e apresentadores do documentário (Lost World) no canal History David Stewart e Tessa Dunlop, a história real em que se baseia o filme piratas do caribe é tão interessante e atrativa quanto o próprio filme.

Henry Morgan

Em 1635 provavelmente o ano de seu nascimento, não se tem registro de sua infância, mas muito provavelmente seja natural da cidade de llanrumney ilha britanica do País de Gales em Cardiff Reino Unido. Importante dizer que o século XII foi fundamental para a expansão da américa, então as navegações estavam a todo vapor na europa, principalmente Espanha que tinha dominado todo território de terra, Portugal que se apossou de terras ao sul, e os ingleses queriam mais do que apenas as terras frias ao norte, e entraram na jogada por ultimo Holanda e França.

llanrumney

Em 1650 com a movimentação dos navios na região, foi que iniciou o desejo de entrar para as navegações britanicas para as ilhas do Caribe, mas precisamente Jamaica.

Port Royal

Em 1655 o jovem Henry Morgan chega a ilha britanica na Jamaica a ilha de Port Royal, com as esquadras espanholas tentando tomar o espaço, logo foi designado para o forte, onde ajudaria a defender a ilha da invasão espanhola. Porém como as batalhas eram intensa e constantes na região, ele teve a idéia de ir a ilha de Tortuga, essa que hoje é uma ilha do Haiti, era local onde os desertores, ladrões, bebados, fanfarrões, e todo tipo de pessoas de qualquer país que fosse infame ou mal visto habitavam, eram os famosos bucaneiros.

Tortuga

Em 1657 Henry os convidou para se juntar aos britanicos para defender o forte. Eles foram até Port Royal e os defenderam dos espanhois. Fazendo apenas uma observação dos conflitos pelo domínio territorial, o Haiti apesar de ter boa parte da população que tem como idioma o crioulo a lingua principal é o francês, já seu vizinho a Republíca Dominicana o idioma oficial é o espanhol. Após as batalhas cessarem, Henry e seus bucaneiros começaram a se aventurar pelos mares da região, onde começaram a saquear navegações e locais iniciavasse a era da pirataria. Parte do roubo era partida entre os bucaneiros, e Port Royal. A cidade se tornou rica e cheia de comércios e casas de meretrícios onde os piratas sempre chegavam e gastavam todo fruto de seus saques. Inclusíve Thomas Modyford governador da Jamaica era seu amigo e protetor. Os navio que mais utilizavam era os navios de corveta, que eram menores, não permitiam levar tantas coisas mas eram muito rápidos que ajudavam em aproximações furtivas e navegar em águas rasas.

Navio de corveta

Em 1658 Henry Morgan e seus bucaneiros que até então só atacavam fragatas e assentamentos espanhois, realizaram um grande e ousado roubo a cidade de Porto Bello no Panamá, com treze navios e 1150 homens, roubaram reserva de ouro que pertencia a igreja, era onde a igreja guardava suas reliquias em ouro. Roubaram muitas coisas por lá inclusive 150 mulas que foram usadas para o transporte do ouro. Depois disso o grupo se tornou temido por seus roubos ousados e arrojados.

Em 1688 foi o provável ano de sua morte, não se tem noticias sobre seus ultimos dias. O mais provável é que devido ao tratado de paz no Caribe assinado entre a Espanha e a Grã Bretanha em 1681 que resultou na ilegalidade dos atos de pirataria, fez com que ele se afasta-se dos oficios. Em um testamento da época dis que Henry Morgan se tornou proprietário de 300 hectares de terras, cerca de 24 escravos, e alguns animais. Para deixar a pirataria e continuar a lucrar só um negócio era possivél: o cultivo da cana de açucar. Morgan morreu 1688 em torno dos 53 anos de idade. A pirataria na região continuou depois disso, mas agora era proibida e condenavél até a pena de morte. Mas se voce quiser ir a região para conhecer o lugar onde a pirataria come~çou nas américas, saiba que não é tão simples.

Em 07 de junho de 1692 um forte terremoto atingiu a região, e toda a cidade da antiga Port Royal foi tragada pelo mar, hoje essa região é uma cidade submersa. mas não pode ser visitada pois além de ser um sitio arqueológico, ainda é um local de preservação de corais

Para mais informações assista o documentário completo abaixo. Ele esta em espanhol mas dá pra entender. Se por acaso eu achar dublado eu troco depois, mas é bem interessante.